10 Dicas de Intercâmbio – O que Você Precisa Saber

Posted on Posted in Intercâmbio

10 Dicas de Intercâmbio – O que Você Precisa Saber

Fazer intercâmbio tem sido uma das opções mais buscadas pelas pessoas que querem um melhor posicionamento no mercado de trabalho e também para quem quer fugir um pouco dos problemas que assolam o Brasil. Pensando nisso listamos 10  coisas que podem te ajudar muito, antes e durante o intercâmbio!




Pensando nisso preparamos 10 dicas de intercâmbio fundmentais para quem está pensando em tomar essa decisão.

Assuntos relacionados:

Dicas de Viagens Baratas

7 Países Europeus em 15 Dias

Estudar e Trabalhar na Irlanda 

1- Pesquise sobre cada país e suas vantagens

Pesquisar e conhecer sobre os países que você está pensando em morar ou estudar  poupa tempo e dinheiro, entender como são os sistemas de visto, o custo de vida e principalmente o que eles oferecem que seja atrativo  morar lá, se há permissão de trabalho e a receptividade com estrangeiro.

Tendo essas informações em mãos você evita futuros imprevistos.

2- Dê preferência a  países que seja permitido trabalhar

Há uma oferta grande de destinos de intercâmbio, mas não são todos que concedem a permissão para trabalho, escolher um país onde você consiga estudar e também TRABALHAR ajuda a diminuir o investimento inicial e amortiza os gastos durante o período que você for passar fora, países como Austrália, Irlanda e Nova Zelândia tem várias possibilidades de trabalho e pagam um valor atrativo para quem tem esses destinos em mente.

3- Faça orçamentos dentro e fora do Brasil

Por falta de informação e de dicas de intercâmbio,  muitas pessoas acabam fazendo cotações dos valores só dentro do Brasil devido vantagens de parcelamento, no entanto, há muitas agências que oferecem os mesmos cursos, com um valor bem mais acessível, a única diferença é que eles não tem opções que incluam parcelamento.  Caso a escolha da agência te proporcione poupar com o investimento inicial, você poderá economizar um valor considerável.

4- Faça uma planilha detalhada com todos os custos

Essa é uma prática que muitas pessoas costumam pular e também uma das que mais impactam no custo final do investimento. Organizar os gastos em uma planilha facilita e ajuda a visualizar o que é importante e o que pode ser colocado em segundo plano. Planejar evita que você venha a ter problemas ao chegar no seu destino dos sonhos!

5- Fique atento aos documentos 

Seu passaporte precisa estar válido com pelo menos o período de tempo que você pretende passar fora do país, caso você já tenha dupla cidadania para um dos países que deseja aplicar, você pode usar seu passaporte no território, aumentando suas chances de permanência e trabalho. O visto também merece uma atenção redobrada, há países que você precisa tirar o visto antes de embarcar que é o caso dos Estados Unidos e Austrália, já a Irlanda, só depois que estiver em solo irlandês que você inicia os processos para obtenção do documento.

Depois de ter todas essas etapas concluídas com calma e planejamento, e colocar em prática todas essas dicas de intercâmbio tem algumas dicas indispensáveis que vão te ajudar mais que nunca a economizar e aproveitar seu intercâmbio ao máximo! 
Saiba o que os estudantes estão fazendo para poder viajar e conhecer mais de 10 países em menos de 1 ano, o que antes parecia inviável agora está mais fácil do que você imagina!

Intercâmbio sem mistérios!






6- Não perca aula, não perca tempo

É comum os recém chegados, no calor do momento, começarem a perder as aulas iniciais, NÃO FAÇA ISSO, principalmente se você está na Europa, não comparecer às aulas irá te impossibilitar de viajar, pois a imigração checa todos os dados quando você retorna ao país. Ir  para aula é bom porque você aprende e você terá um período de férias onde poderá viajar sem problemas e curtir as atrações do seu novo país.

7- Aprenda a cozinhar

Um dos fatores que mais impactam os intercambistas é a culinária dos novos destinos, afinal não é fácil se acostumar com hábitos alimentares da noite para o dia, Aprender a cozinhar vai te possibilitar maior praticidade e comodidade, além de economizar uma boa quantia por semana, comer em restaurantes todos os dias, além de não ser saudável é caro! Então se você não tem costume ou não sabe cozinhar, APRENDA, será relevante e te deixará em forma, muitas pessoas optam por viver de fast food, porém isso acaba fazendo muito mal!

8- Faça amizade com pessoas do país que você escolheu

Sabe aquele ditado que brasileiro conhece brasileiro de longe? Melhor mudar para: brasileiro só anda com brasileiro! e é isso que acontece, muitas pessoas se fecham em seus grupos e não se abrem para as pessoas locais, deixe um pouco de lado o patriotismo e de oportunidade às pessoas do país que  escolher, aprenda com eles, entenda os diferentes estilos de vida, acrescente coisas boas à sua rotina, isso vai te fazer uma pessoa multicultural.




9- Seja correto, você só tem a ganhar

É natural a pessoa mudar de país mas levar os costumes muitas vezes (errados) de onde ela vem, aprender a respeitar as diferenças e a diversidade cultural faz parte do processo evolutivo, faça isso!

Pessoas evoluídas são compreensíveis e dinâmicas, elas mudam o tempo inteiro e entendem que os outros também mudam, se você tem atitudes corretas você será sempre bem tratado.

10- Viaje e aproveite cada segundo de todo esse período

Uma das frases mais marcantes do livro de Steve Jobs é: “melhor que acordar hoje é acordar hoje e ser jovem!” se você está optando por dar esse grande passo em sua vida saiba que você ainda é jovem e todo dia é hora de se reinventar e buscar coisas melhores e por que não um lugar melhor?

Viajar enriquece culturalmente, profissionalmente e pessoalmente, são características que ficarão marcadas em sua vida, então não tenha medo e permita-se!

dicas de intercâmbio

Dúvidas? Pergunte que a gente responde!
Deixe seu comentário, com suas dúvidas e sugestões para os próximos posts!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *